segunda-feira, 17 de outubro de 2011

VOCÊ - MELLISS


VOCÊ


Você confunde minha vida
enquanto tinge o céu no meu olhar,
desenhando castelos entre as nuvens de chuva,
despertando sentimentos que há em mim ...
Você acende luzes na noite distante,
e mergulha entre as estrelas ocultas no azul,
coloca o mundo inteiro em minhas mãos,
nas promessas sussurradas,
nas palavras silenciadas pelos beijos,
que guardo entre as relíquias de nós dois ...
Você !
Errante e peregrino, deixa pegadas nos
caminhos do meu peito,
some entre as nuvens de lembranças
e nas cortinas de areia,
acha desertos que me enchem de silêncio,
assombra meus castelos com esses medos,
é luz e escuridão,
amor e solidão
paz e ebulição,
tormenta e calmaria,
tristeza e alegria,
tudo e nada
início e fim ....
Você !
É a própria vida
a suspirar de amor,
dentro de mim ...
Postar um comentário