quarta-feira, 8 de abril de 2009

O AMOR ACABOU


Em que parte da casa

Nosso amor se perdeu?

Ficou no canto do quarto

Ou no jardim que era teu?


Em que parte da vida

A intimidade acabou?

Está na gaveta escondida

Ou cansada partiu e nos deixou?


Se perdeu pelo tempo...

Ou quis ficar para trás?

Estará de frio tremendo

Ou apenas atracada pelo cais?


Em que parte da música

Parou de cantar?

Será que dela se cansou?

Ou simplesmente parou de escutar?


As chamas daquele amor febril

Hoje já não ardem mais

As labaredas deste amor senil

Se apagaram e ficaram para trás.



Dúvidas povoam meus pensamentos

As incertezas zombam de mim

Do amor que era um jardim suspenso

Restou só lembranças perfumadas de jasmim.

Serena.
Postar um comentário