quarta-feira, 1 de abril de 2009

"DESABAFO"


Não aconteceu nada, para que ela pudesse ter tomado aquela atitude açodada. Minha consciência está tranquila e em paz, acho que tudo isso é fruto da mão do tempo, que no estuário da vida, faz o destino se encarregar de apagar os últimos lampejos de amizade, carinho, compreensão chegando às portas do desamor.



De tudo que possa vir a me acontecer, o que eu mais tenho medo é que as esquinas da vida me faça, compulsoriamente, experimentar o mais cruél de todos os sentimentos - A SOLIDÃO -; Mas ao mesmo tempo me tranquilizo, pois o homem pode destruir todas as flores de todos os jardins, mas ninguém é capaz de deter a chegada de uma nova primavera.



Além de tudo isso, na minha vida de Advogado aprendi duas coisas que tenho como minha profissão de fé e acho que são alto aplicáveis a qualquer pessoa, nunca devemos pedir à ninguém: - DINHEIRO E PELAS MESMAS RAZÕES JAMAIS IMPLORAR AMOR - pois sempre que pedimos nos são negados. O DINHEIRO A GENTE GANHA O AMOR A GENTE CONQUISTA.



Há tempos volvidos, carrego comigo uma citação - cujo autor desconheço - afirmando que "AS LABAREDAS DA VIDA QUEIMAVAM OS SEUS SONHOS E AINDA INSULTAVAM A SUA SOLIDÃO" Sei que não é somente comigo que isso está ocorrendo, outros tantos também devem estar nas mesmas condições, mas como disse CHICO XAVIER - na vida tudo passa, e haverá um dia em que voce encontrará alguém que seja a sua felicidade, aquela pessoa que ao chegar, nada precisa dizer, porque a sua presença será um espetáculo deslumbrante.



Olha! pra finalizar, esse meu DESABAFO, sou um homem que ainda acredita no amor, não aquele amor carnal, mas um amor amigo, fiél, leal, aquele amor de um pai que acode uma filha que pede socorro, e, no silêncio da noite chora sozinho o aperto que carrega no peito, aquele amor dedicado aos velhos que tanta utilidade tiveram no passado, amor da mãe sofredora, amor da criança desemparada que dorme ao relento sem nada pra comer, amor pelos injustiçados que cumprem penas severas, por crimes que nunca cometeram. Enfim, um amor incondicional pelo espetáculo da natureza, porque o "AMOR É A MAIS BELA PARTITURA MUSICAL DA VIDA E SE VOCÊ NÃO O POSSUIR, ESTARÁ CONDENADO A SER UM ETERNO DESAFINADO NO IMENSO CORAL DA HUMANIDADE".


Autor - EBN.
Postar um comentário