sábado, 23 de novembro de 2013

O MAIOR AMOR DO MUNDO - Luiz Carlos G.

O maior amor do mundo,mais intenso e mais profundo

Mora aqui no peito meu.

O amor mais verdadeiro,por completo e por inteiro

Só quem sente ele sou eu.



Passe o tempo que passar,vou zelar,vou preservar

Esse amor que vive em mim.

Amor sincero e real,100% visceral

Sem limites e sem fim.



Amor esse que só cresce,aumenta e se fortaleçe

O maior amor sentido.

Amor além da razão,mesmo tendo a noção

Que não é correspondido.



O amor mais envolvente,frenético e elouquente

Outro igual não nasceu.

Mesmo que digam o contrário,não existe no planetário

Um amor igual ao meu.



Nem Romeu e Julieta,nesse ou outro planeta

Nos romances de novela.

Vai existir um amor,com igual ou mais ardor

como o que eu sinto por ela.



É um amor surreal,celeste e sideral

Um amor sem preconceitos.

Duvido e pago pra ver,que exista outro ser

Que ame assim desse jeito.



Um amor sem falsidade,de grande intensidade

É amor e não tem fim

Mesmo não correspondido,permaneçe sempre vivo,

Fluindo dentro de mim.



Há quem ache um espanto,um homem amar tanto

Uma mulher desse jeito.

Mas fui privilegiado e carrego enraizado

Um amor assim no meu peito.



Não é sonho ou utopia,devaneio ou fantasia,

Não é uma coisa incerta.

Existe e é real,não é ficcional,

Não é coisa de poeta.



O maior amor do mundo,mais intenso e mais profundo

Mora aqui no peito meu!!!
Postar um comentário