quinta-feira, 19 de maio de 2011

BELAS TROVAS


Uma Trova Nacional

Desato o nó da lembrança
e um facho de luz sem fim,
me traz de volta a criança
que um dia fugiu de mim.
–RITA MOURÃO/SP–

Uma Trova Potiguar

Este amor que nos afaga,
no silêncio de nós dois,
é uma luz que não se apaga,
nem agora, nem depois…
–ULISSES FREITAS JUNIOR/RN–

Uma Trova Premiada

1989 – São Paulo/SP
Tema: SEGREDO – Venc.

Este amor mal disfarçado
em teu olhar de esperança,
é segredo mal guardado
num cofre sem segurança.
–THALMA TAVARES/SP–

…E Suas Trovas Ficaram

De minha alma, nas dobrinhas,
a sua alma se aninhou…
As duas parecem minhas,
no ambíguo que eu hoje sou!
–FERNANDO VASCONCELOS/PR–
Postar um comentário