segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

O MEU VÍCIO É VOCÊ


Se brigamos fico louco, entristeço e pouco-a-pouco

vou perdendo a minha paz,

sua ausência é desatino,

que distorce o meu destino e

me atenta mais e mais.



Se voce me acaricia,

sua manha me vicia

quando em seu cólo me aconchego

totalmente dominado,

dependente e apaixonado,

no calor do seu chamego.


Se estou só o desencanto,

devagar vai me acabando,

se eu fico sem lhe ver,

o seu corpo é minha rede

é água pra minha sêde

eu dependo de voce.


Se voce me põe de lado,

por qualquer um desagrado,

nada mais me dá prazer,

mas não quero desagravo,

bem melhor é ser escravo

dependente de voce.


Sua falta é a carência

que aumenta a dependência

do meu vício que é voce.


autor - L.C
Postar um comentário