terça-feira, 10 de março de 2009

AMAR E SER AMADO (Guida Linhares).


O inesperado aconteceu!

Um beijo roubado no entardecer,

de loucos desejos nos preencheu!


E foram momentos de ternura,

em que céu e terra se tornaram um só,

num doce enlevo pleno de ventura.


Tudo mudou e ficou mais bonito,

pois o teu amor me acordou da letargia,

ao dizeres TE AMO, quase num grito.


E o Amor sorriu de contente,

na realização suprema de um ritual,

que aquece o coração de toda gente.


Descobrir-se que se é amado,

muda a vida e o destino se desvela,

ao dar vazão ao amor tão sonhado.


Vivo agora entre um e outro instante,

aguardando que chegues de mansinho,

me tomando nos braços, como doce amante.


Santos/SP
Postar um comentário