sábado, 15 de fevereiro de 2014

FRAGMENTOS DE AMOR - Eduardo Baqueiro

Interessante nosso caso!
Nosso amor parece ter encontrado a pitada certa
O tempero no ponto exato, Pois não é doce demais, tampouco salgado...
Ele é algo difícil de se explicar.
É como uma rosa que teima nascer entre pedras,
Desafiando o calor intenso e a falta d´água Mas,
depois de algum tempo, suas raízes encontraram solo fértil Então,
na calada da noite, cresceu e se tornou uma linda rosa...
Uma rosa que é rosa à noite e é azul de dia.
Um amor que cresceu sem se importar onde ia chegar E chegou onde está,
mais seguro, mais tranqüilo mais maduro.
Um amor que une uma peixinha e um lobo
Um lobo que aprendeu a amar o mar para poder chegar perto de sua amada!
Uma peixinha que, de teimosa, ensinou um lobo a amá-la
Estranhos os caminhos do amor! Maravilhosos os efeitos deste amor dentro de nós!
Desejo a nós dois muito tempo para dividirmos, Muito amor para gastar,
Muitos sorrisos e muitas gargalhadas,
Porque a vida, apesar de seus contratempos, é linda!
Muito mais linda com você junto de mim!
Com amor e carinho.
Postar um comentário