quinta-feira, 29 de novembro de 2012

VOCÊ - Vilma Galvão.


Hoje ao acordar, senti sua falta,
senti que minha vida, já não era a mesma.
Sem você aqui, nada pode estar por inteiro,
sempre me faltará um pedaço,
sempre me faltará o seus olhos, vigiando o meu dia.
O seu sorriso, refletindo o meu sorrir.
A sua calma, ninando a minha loucura.
O seu carinho, saciando os meus desejos.
A sua presença, completando tudo em mim.

Senti que sem você, eu não posso ficar,
que não conseguiria seguir a vida sem tê-lo ao meu lado.

Você entrou no meu caminho de forma tão repentina,
e em tão pouco tempo, entrou por inteiro...
Mudando tudo,
me devolvendo um felicidade há muito tempo perdida.
Movimentando um lado meu que eu já nem percebia,
o meu lado sonhador e de sentir esperança na vida.

Você conseguiu transformar tudo.
em silêncio, sem nada pedir, sem avisar,
sem medo da minha recusa.
Se instalou em meu coração de uma forma serena,
e quando percebi, já estava te amando.

Senti saudades de você ao acordar,
e esta saudade se arrastou o dia todo,
e por mais que eu tenha tentado,
você não me saiu do pensamento.

Estar te amando assim é bom demais,
não quero deixar de sentir tudo isso,
não vou mais fugir deste sentimento.
Não quero,
não posso,
não preciso fugir mais deste amor,
porque é muito bom,
porque me faz sorrir,
porque me devolve a vida a cada manhã,
porque é tudo o que eu procurei por tanto tempo...

(repasse com os devidos créditos)
Postar um comentário