quarta-feira, 23 de maio de 2012

HOJE EU VOU MUDAR


*Hoje eu vou mudar!* E para não ficar apenas nas promessas, vou começar pelo mais fácil, vou mudar o caminho, vou andar por novas ruas, ver novas caras, quem sabe, começar uma nova amizade.

*Pensando em pequenas mudanças,* vou abrir mão de pequenas coisas, coisas que me incomodam e que faço automaticamente, alias, vou prestar mais atenção nos meus atos, vou ser um observador de mim mesmo.

Vou vigiar meus passos, e tentar cortar, aqueles que me levam até a decepção.

*Hoje eu vou mudar!* promessa antiga, que me faço sempre que quebro a cara, mas hoje, hoje eu quero e preciso do novo, ou quem sabe, resgatar antigos hábitos saudáveis, como ser feliz com o que tenho, valorizar as pessoas que gostam de mim como eu sou.

Valorizar a roupa que eu uso, a comida que eu como, a família que eu tenho, o amor que me acompanha, o estudo que eu conclui, a escola que eu frequento, o emprego que eu tenho...

*São tantas coisas, e tão pouco tempo para ver,* pouco tempo para o que é bom e estável, muito tempo para o que ainda não tenho, muito tempo para lamentações e dores.

Chega!

*Hoje eu vou mudar, por isso, começo o dia,* com uma prece sentida, agradecendo pela oportunidade de ter mais uma chance, de poder desejar e fazer mudanças, para fazer em mim, o ser que eu gostaria de ser, e ser livre para dizer que amo a vida, dizer para cada pessoa que eu conheço, que elas são importantes para mim, e abraçar cada um, como se fosse despedida, sendo apenas mais um dia, dia de mudar!

Eu acredito em você

© Paulo Roberto Gaefke
*Hoje eu vou mudar!* E para não ficar apenas nas promessas, vou começar pelo mais fácil, vou mudar o caminho, vou andar por novas ruas, ver novas caras, quem sabe, começar uma nova amizade.

*Pensando em pequenas mudanças,* vou abrir mão de pequenas coisas, coisas que me incomodam e que faço automaticamente, alias, vou prestar mais atenção nos meus atos, vou ser um observador de mim mesmo.

Vou vigiar meus passos, e tentar cortar, aqueles que me levam até a decepção.

*Hoje eu vou mudar!* promessa antiga, que me faço sempre que quebro a cara, mas hoje, hoje eu quero e preciso do novo, ou quem sabe, resgatar antigos hábitos saudáveis, como ser feliz com o que tenho, valorizar as pessoas que gostam de mim como eu sou.

Valorizar a roupa que eu uso, a comida que eu como, a família que eu tenho, o amor que me acompanha, o estudo que eu conclui, a escola que eu frequento, o emprego que eu tenho...

*São tantas coisas, e tão pouco tempo para ver,* pouco tempo para o que é bom e estável, muito tempo para o que ainda não tenho, muito tempo para lamentações e dores.

Chega!

*Hoje eu vou mudar, por isso, começo o dia,* com uma prece sentida, agradecendo pela oportunidade de ter mais uma chance, de poder desejar e fazer mudanças, para fazer em mim, o ser que eu gostaria de ser, e ser livre para dizer que amo a vida, dizer para cada pessoa que eu conheço, que elas são importantes para mim, e abraçar cada um, como se fosse despedida, sendo apenas mais um dia, dia de mudar!

Eu acredito em você

© Paulo Roberto Gaefke
*Hoje eu vou mudar!* E para não ficar apenas nas promessas, vou começar pelo mais fácil, vou mudar o caminho, vou andar por novas ruas, ver novas caras, quem sabe, começar uma nova amizade.

*Pensando em pequenas mudanças,* vou abrir mão de pequenas coisas, coisas que me incomodam e que faço automaticamente, alias, vou prestar mais atenção nos meus atos, vou ser um observador de mim mesmo.

Vou vigiar meus passos, e tentar cortar, aqueles que me levam até a decepção.

*Hoje eu vou mudar!* promessa antiga, que me faço sempre que quebro a cara, mas hoje, hoje eu quero e preciso do novo, ou quem sabe, resgatar antigos hábitos saudáveis, como ser feliz com o que tenho, valorizar as pessoas que gostam de mim como eu sou.

Valorizar a roupa que eu uso, a comida que eu como, a família que eu tenho, o amor que me acompanha, o estudo que eu conclui, a escola que eu frequento, o emprego que eu tenho...

*São tantas coisas, e tão pouco tempo para ver,* pouco tempo para o que é bom e estável, muito tempo para o que ainda não tenho, muito tempo para lamentações e dores.

Chega!

*Hoje eu vou mudar, por isso, começo o dia,* com uma prece sentida, agradecendo pela oportunidade de ter mais uma chance, de poder desejar e fazer mudanças, para fazer em mim, o ser que eu gostaria de ser, e ser livre para dizer que amo a vida, dizer para cada pessoa que eu conheço, que elas são importantes para mim, e abraçar cada um, como se fosse despedida, sendo apenas mais um dia, dia de mudar!

Eu acredito em você

© Paulo Roberto Gaefke
Postar um comentário